RECEBA NOSSAS NOVIDADES! CADASTRE-SE

NÁUTICA

NÁUTICA

Por: Marcello SanzoneINDIQUEIMPRIMIR

popa velha interna e chicote

TIMÃO

MOTOR

Marcello Sanzone

+ 1 CASCO VELHO Náutico!

Você acha que reformar um barco é fácil? Conheça mais um corajoso que se animou a restaurar sua Offshore 40 pés.
Na próxima edição estaremos terminando a Focker 222, ela ficou linda!



Ah… O mar! Nada melhor do que correr para o mar e recarregar as energias! O mar tem um poder sobre as pessoas meio inexplicaveis, posso falar por mim, o mar é tão importante na minha vida quanto o ar.
Comprei uma lancha offshore de 40 pés com dois motores Mercedes, cheia de historia, achei que ia arrasar, mas só problemas. Desse dia em diante foi um pesadelo, tudo na lancha quebrava, flaps, sistema de helices, motores, turbinas, tanque, elétrica, radares, rádio, tudo quebrou em momentos diferentes, isso sem contar a fumaça que a lancha fazia.
Depois de tudo reformado resolvei ir mergulhar, o dia estava lindo, mas o motor quebrou mais uma vez e ainda quebrou o sistema de helices junto, CHEGA!!! Fui ao representante da Volvo, no Guarujá ao lado do Sorocotuba, a Pier Boat, tive uma conversa seria com o dono, Vagner, que não queria de maneira alguma me vender um motor novo, dizia que os nossos teriam jeito, mas eu tinha a ideia fixa de que não consertaria mais os motores velhos, queria um motor novo e mais desempenho, depois do Vagner me provar que era de confiança e não mais um aproveitador, como é tão comum no mercado náutico brasileiro, disse a ele que se ele não fizesse a obra que eu queria , seria uma pena mas faria com outro, ai ele viu que não teria jeito de me convencer do contrário e aceitou, combinamos os valores e tempos e a obra começou.
Vou dividir essa obra em 3 matérias, vamos começar pelo primeiro passo que demos, depois de tirar os motores velhos, o Vagner me ligou e pediu que eu viesse ao seu encontro, quando cheguei ele me disse que tinha uma noticia boa e outra ruim, pedi a boa primeiro, ele disse que diminuiríamos o peso em mais 200Kg, além da 1.5 toneladas ja diminuidas na mudança dos motores, pensei que isso era ótimo, ai pedi para ele me dizer as noticias ruins, ele me disse que a diminuição do peso seria em cupins, sim tínhamos um colônia de cupins, o espelho de popa estava condenado, as duas longarinas também, o fundo do barco onde o tanque de diesel fica apoiado também, quando entrei no porão do barco para conferir o que ele estava me dizendo, ainda encontrei outro espaço, entre o tanque e a sala de máquinas embaixo do deck, que também estava comprometida, arrancamos tudo e fizemos tudo novo.
As fotos desta matéria são de uma Magnum 39, com o casco completamente comprometido e depois reformado e limpo para receber os novos equipamentos, então não se esqueçam, sempre chequem o casco interna e externamente, longarinas de esforço, berço dos motores, e deem atenção especial a caixa de água, quando os barcos ficam muito tempo abandonados, elas apodrecem por dentro, igualmente os tanques de combustivel, e se trocarem, troquem por tanque de água de acrílico e tanque de diesel de inox.

Comentários

2010-2013 Revista NINE - Todos os direitos reservados.

contato@revistanine.com.br
desenvolvido por Natus Tecnologia