RECEBA NOSSAS NOVIDADES! CADASTRE-SE

COMPORTAMENTO

ADEUS GORDURINHA LOCALIZADA!

Por: Por Dai AldebrandINDIQUEIMPRIMIR

ADEUS GORDURINHA LOCALIZADA!

O uso da Lipocavitação para dar forma ao corpo no verão.

Apesar de o nome fazer analogia a outros procedimentos invasivos, a lipocavitação passa longe de agulhas e cânulas sugadoras.
    Nesse processo, que promete reduzir medidas das coxas, flancos, barriga, braços, nádegas e outras pequenas regiões do corpo, a primeira coisa a fazer é examinar a zona do problema, em geral, um lugar específico onde a paciente sente desconforto por excesso daquelas “gordurinhas”. Depois, aplica-se uma fina camada de gel e espalha-se uniformemente com a mão. O produto ajuda na condução das ondas de baixa frequência oriundas do ultrassom, que incidem sobre a camada subcutânea, visando os adipócitos ou células de gordura.
    Esta destruição seletiva das células de gordura não interfere nas estruturas adjacentes, como vasos sanguíneos e nervos e, por isso, é considerada um tratamento seguro. Outra vantagem, e talvez a principal delas, é o fato de o procedimento ser indolor: todo o desconforto que pode ser sentido está associado ao barulho produzido pela máquina durante as sessões, explica Marcos, proprietário da Clinica Pulsazione.
    Esta não é propriamente uma forma de perder peso, mas de contornar as áreas de incômodo. Por essa razão, ela não é adequada para uma pessoa que sofra de obesidade.
    A lipocavitação é um tratamento complementar, ideal para quem pretende corrigir zonas localizadas de gordura que, mesmo com as dietas e o exercício físico, não estão delineadas e harmoniosas como se pretenderia.
    Fora isso, em geral, o procedimento tem poucas restrições: é contraindicado para grávidas, diabéticos, pessoas com doença renal, doenças do fígado, colesterol alto e em caso de prótese, placas ou  parafusos metálicos no corpo. O número de sessões depende do objetivo do paciente  e pode variar de acordo com a quantidade de gordura acumulada. Normalmente é indicada 1 sessão de 30 minutos. A união de sessões de pressoterapia (drenagem linfática) e radiofrequência também geram um melhor resultado, acrescenta Marcos.

Comentários

2010-2013 Revista NINE - Todos os direitos reservados.

contato@revistanine.com.br
desenvolvido por Natus Tecnologia